sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Primeira reunião de pais - como preparar

Que todos tenham tido um excelente dia!!!
Estou iniciando as minhas postagens, porém o tempo ainda é o meu maior inimigo. Tenho que dividir meu tempo com trabalho e família e agora me dedicar ao Blog. Durante mais de dez anos dirigi escolas aqui no DF e orientei meus professores a obterem sucesso em suas reuniões e aqui vai umas dicas.
Mas, vamos falar um pouco da primeira reunião de pais, aquela em que o professor realiza após uma semana ou duas de aula. Esta reunião tem por objetivo uma maior aproximação dos pais, aonde o mestre vai discursar um pouco sobre sua prática pedagógica, delinear como deseja trabalhar com a turma para que esta alcance níveis mais altos de aprendizagem. Neste primeiro encontro os responsáveis vão ter a primeira impressão do professor, claro, deverá ser a melhor. Aquele ditado popular que diz que a primeira impressão é a que fica, para muitos, ainda está valendo. Pouquíssimas pessoas permitem conhecer a outra para elaborar seu conceito sobre ela. Portanto sejamos práticos, façamos deste evento um encontro inesquecível.
Vamos à pratica desta reunião?
1º passo
Faça um bilhete bem elaborado, dizendo o dia e a hora da reunião e o local onde ocorrerá. Demonstre carinho e ao final do bilhete escreva que “Sua presença é indispensável. A aprendizagem de seu filho depende muito do seu envolvimento com a escola. Se precisar a escola fornecerá declaração de comparecimento do turno. Um grande abraço! Professor(a)_______ . Deverão ser enviados, no mínimo dois bilhetes. O primeiro mais completo com uma semana de antecedência e o segundo, deverá ser enviado dois antes, mais suscinto apenas lembrando: “Não esqueçam, nosso encontro será dia___, às ___ horas, no auditório, ou sala de aula nº ___. Nos vemos em breve. Um abraço! Professor(a) ____________;
2º passo
Organize sua sala de aula. As carteiras deverão estar no canto da sala, perto da parede e as cadeiras em forma de U para permitir uma maior aproximação do professor com os pais ou responsáveis;
3º passo
Organize uma pequena recepção com uma garrafa de chá e café, alguns biscoitos e uma geléis ou patê em uma mesa forrada e bem bonita, para ser oferecido aos pais;
4º passo
Deixe tudo organizado em cima de sua mesa: pauta da reunião(uma para cada pai/mãe), uma lembrança desta reunião que deverá ser relacionada com uma mensagem impressa para ser entregue ao final da reunião e ainda levar a uma discussão saudável sobre o tema( os pais devem ser estimulados a se pronunciar), datashow instalado e ligado(deverá ser testado antes). Neste momento estou indicando a mensagem em PPS e digitada, que você encontra na net "A lição da borboleta", que tráz uma mensagem de que nós devemos permitir que as pessoas tentem fazer sempre o seu melhor, ao passo que se formos ajudá-las em determinados momentos estaremos subtraindo sua capacidade de superação aos obstáculos;
5º passo
Receba seus convidados em pé, próximo à porta, diga que és bem vindo e aperte sua mão. Este gesto garante uma proximidade maior entre professor e pais;
6º passo
Aguarde uns minutinhos até todos se acomodarem e inicie com uma fala bem calorosa, dizendo que você está muito feliz com a presença deles e que esta participação é muito importante para seus filhos. Eles gostam muito de saber que alguém se importa com eles e nada melhor que nossos pais para nos auxiliarem no momento em que precisamos. Fale que você preparou tudo com muito carinho pois eles são muito importantes neste processo. Comece com a mensagem, de preferência datashow, passe-a devagar. Ajuste o som para que todos ouçam. Se precisar, utilize uma caixa de som portátil. Não interrompa os slides para fazer comentários, deixe-os passar até o final e só então inicie uma discussão saudável sobre o assunto da mensagem. Não se esqueça de interagir com os presentes, solicitando sua participação;
7º passo
Fale dos assuntos gerais como horário de entrada e saída, importância de se utilizar uniforme, regras da escola(Regimento Escolar), entre outros assuntos solicitados por sua direção. Avise aos pais que esta reunião é mais generalizada e que assuntos individuais serão tratados na próxima reunião do bimestre, porém se houver uma grande necessidade, solicite a um pai ou outro que fique par conversarem. Lembre-se: nunca fale mal do filho alheio, diga que está apresentando tais comportamentos e que você deseja entender o motivo para ajudá-lo. Não faça comentários que são individuais na frente dos outros. O pai tem que se sentir seguro ao lhe confidenciar um assunto;
8º passo
Discorra sobre sua prática pedagógica. Informe sobre sua forma de trabalhar. Se estiver com turma de alfabetização, mostre aos pais os materiais que utiliza para ensinar a ler e escrever. Dê a eles uma idéia de como o processo ocorre, como as crianças constroem as hipóteses de leitura, mostre o primeiro teste diagnóstico da psicogênese, que deverá ser arquivado com a professora, para que tanto ela quanto a família possam acompanhar o crescimento da criança. Na reunião seguinte mostre o primeiro e o segundo teste e assim por diante. Desta forma os pais perceberão quanto houve crescimento e se não houve, qual o por quê. Em uma das minhas reuniões realizei com os pais o teste de psicogênese bem simples, o das 4 palavras e uma frase. Eles fizeram em meia cartolina e utilizaram pincel atômico. Não era necessário identificar-se. Logo depois recolhi os testes e fixei-os no quadro com fita adesiva e comecei a comentar com todos como ocorre a hipótese da escrita e fiz a classificação. Assim eles tiveram uma idéia da forma que trabalho e da importância do processo. Muitos se preocupam com reforço fora do ambiente escolar. A estes, faço a seguinte recomendação: solicite ao professor de reforço de seu filho que entre em contato com o professor da escola(seja por telefone ou presencialmente), para conversarem sobre a situação pedagógica da criança e a proposta para alfabetizar utilizada, para que não haja diversidade de métodos e propostas e assim não confundir a cabeça da criança;
9° passo
Mostre o caderno de sala da criança par o pai, para que este veja como seu filho tem registrado as tarefas, se houver perguntas responda-as no reservado. Mostre os livro utilizados e solicite que encape-os e devolva em dois dias;
10 º passo
Tome um cafezinho com biscoito com seus pais e lhes entregue a lembrança, dando um caloroso abraço e agradeça pela presença e coloque-se disponível para atendê-los, informando quando poderá fazê-lo.
Espero ter sido útil. Não esqueça de comentar “ porque ninguém faz melhor do que todos nós juntos”.
Segue abaixo o modelo da lembrança e os moldes. Um beijinho a todos.
Professora Deoclides Carvalho

Um comentário:

  1. Obrigada pelas dicas, elas são ótimas para quem nunca passou por essa etapa.

    ResponderExcluir

Passou por aqui, comente e deixe sugestões para novas postagens. Um Blog cresce quando todos participam porque ...ninguém faz melhor do que todos nós juntos!!! Um abraço!
Professora Deoclides Carvalho